domingo, 22 de maio de 2016

Dica de prato típico da gastronomia italiana.


Uma maneira gostosa de se aventurar em uma viagem é conhecendo a culinária. Os sabores, a apresentação dos pratos, a maneira de comer, tudo é diferente. E, hoje vou escrever um pouquinho sobre minha experiência com a culinária italiana.
A culinária Italiana é caracterizada por ser essencialmente tradicional com uma grande variação de produtos. Para quem pensa que lá só se comem massas, estão muito enganados. Além de se comer muito bem, se come de tudo.  
O italiano é muito exigente e crítico à mesa. Valorizam extremamente o seu produto. Eles possuem o hábito de quando ir ao mercado verificar sempre a proveniência dos produtos, certificando assim que aquele produto é de qualidade e pode ser consumido. Sendo um de seus lemas aproveitar o que é produzido nas redondezas garantindo com isso produtos mais frescos.
O prato que experimentamos foi o carpaccio, que é um exemplo de antepasto italiano que faz sucesso. Ele é feito de carne bovina crua (o original), cortadas em lâminas bem finas.
O carpaccio chegou ao Brasil na década de 70, após conquistar a Europa. Ele não só conquistou os brasileiros, como a técnica de fazer finas lâminas com os alimentos caiu no gosto dos chefs de cozinha, que hoje usam da criatividade para criar carpaccio de vários tipos. A carne mais usada pra fazer é o lagarto, mas nada impede de usar um filé ou até mesmo um cordeiro.
Seja um carpaccio de polvo, palmito pupunha, peixe ou o tradicional de carne bovina (que foi o que eu experimentei e ameeei!), o fato é que além de ter uma história muito interessante, possui uma técnica de preparo diferente, fazendo disso um diferencial.

Queríamos muito tomar uma cervejinha e o garçon nos indicou a cerveja vermelha que disse se harmonizar melhor com o prato, porém optamos por um belo chop e não é que gostamos da combinação dos sabores?! Valew demais e super recomendo!

Bom, então deixo aqui minha dica pra quando decidirem se aventurar por diferentes culinárias!
Espero que gostem,


Bjinhos,
Bebel Eugênio
Postar um comentário

INSTAGRAM

Arquivo do blog